Portal do Governo Cidadão.SP Investe.SP

Nossa história

O Hospital Estadual Sapopemba, conhecido como HESAP, surgiu para oferecer maiores condições de saúde e por um serviço hospitalar de qualidade para a comunidade da região de Sapopemba.

Este hospital foi inaugurado em 05 de abril de 2003, sendo administrado até o final do ano de 2008 pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), juntamente com a Fundação Faculdade de Medicina (FFM), por meio de convênio de gestão com a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES).

A partir de 2009, o hospital passou a ser gerido pelo Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (SECONCI-SP).

Ano após ano, o HESAP vem melhorando seus indicadores de atendimento, modificando e implementando novos projetos de atenção à saúde da população da região.

O HESAP atende, em sua maioria, a população dos distritos de saúde de: Sapopemba, São Mateus, São Rafael, Aricanduva e Iguatemi. Também hoje, em decorrência do sistema de agendamento gerenciado pelo CROSS, o HESAP atende pessoas de todas as regiões da cidade.

Desde muito cedo o HESAP esteve na mídia, como instituição de referência na região e, no ano de 2011, recebeu o Prêmio de 4ª Melhor Maternidade do Estado de São Paulo e primeira na Capital.

  • Contava com apenas 33 leitos operacionais, que atendiam basicamente Maternidade de baixo risco, Obstetrícia e Neonatologia.

    Os exames, todos eletivos, eram apenas: Ultrassonografia, Endoscopia e Colonoscopia.

    Sua força de trabalho era de apenas 259 colaboradores entre próprios e terceirizados.

  • Em 2004 houve a inauguração de algumas das unidades assistenciais, com média mensal de 27 leitos operacionais, para atendimento de: Maternidade de alto e baixo riscos, UTI Adulto, UTI Neonatal, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria e Berçário.

    Executava exames de imagem apenas para casos eletivos de: Ultrassonografia, Endoscopia, Colonoscopia e Raios-X simples e contrastados. Contava, nesta época, com 269 colaboradores.

    Neste ano produziu:
    - 2.286 saídas;
    - 1.057 partos em primíparas;
    - 1.484 cirurgias;
    - 10.430 atendimentos de urgência e emergência.

  • O ano de 2005 foi de grande expansão ao HESAP, com a inauguração de diversas unidades assistenciais, chegando a 136 leitos operacionais, para atender: Maternidade de alto e baixo riscos, UTI Adulto, UTI Neonatal, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria e Berçário.

    Neste período também foi inaugurado o Pronto Socorro.

    Os exames realizados eram: Ultrassonografia, Endoscopia e Colonoscopia, Raios-X simples e contrastados, Tomografia Computadorizada e Broncoscopia.

    O quadro de colaboradores já estava composto por equipe multiprofissional, com um total de 707 colaboradores.

    Neste ano produziu:
    - 1.232 partos em primíparas;
    - 7.750 saídas;
    - 1.232 partos em primíparas;
    - 3.404 cirurgias;
    - 21.812 atendimentos de urgência e emergência.

  • Nesta época já contava com 152 leitos operacionais, realizando atendimentos de UTI Aduldo, Berçário de Baixo e Médio Riscos, Mãe Canguru, UTI Neonatal, Alojamento Conjunto, Ginecologia, Obstetrícia de Alto Risco, Cirurgia Geral, Ortopedia, Clínica Médica, Pediatria e Pronto Socorro Referenciado.

    Ainda, realizava atendimento ambulatorial referenciado aos egressos do hospital e também à demanda das UBS da região.

    Os exames, para público interno e externo eram: Ultrassonografia, Endoscopia e Colonoscopia, Raios-X simples e contrastados, Tomografia Computadorizada e Ecocardiografia.

    Já contava com força de trabalho de 785 colaboradores entre próprios e terceirizados.

    Realizou, durante este ano:
    - 9.805 saídas;
    - 1.396 partos em gestantes primíparas;
    - 5.060 cirurgias;
    - 26.453 atendimentos de urgência e emergência.

  • Em 2007 o HESAP já contava com 174 leitos operacionais, destinados às unidades: UTI Adulto, UTI Neonatal, Berçário, Clínica Ginecológica, Obstetrícia de Alto Risco, Alojamento Conjunto, Clínica Cirúrgica, Clínica Ortopédica, Clínica Médica, Pediatria, Pronto Socorro Referenciado Adulto e Infantil.

    Além destas unidades, contava ainda com Ambulatório e SADT.

    No Ambulatório eram realizadas consultas pré e pós-operatórias, além de acompanhamento pós-alta hospitalar.

    No SADT, eram executados todos os exames de imagem (Ultrassonografia, Endoscopia, Colonoscopia, Radiologia simples e contrastada, Tomografia Computadorizada, Ecocardiografia, Eletroencefalografia, Teste Ergométrico e Holter).

    Nesta época, sua força de trabalho já estava composta por 859 colaboradores. E, produziu, neste ano:
    - 10.569 saídas;
    - 1.154 partos em gestantes primíparas;
    - 7.072 procedimentos cirúrgicos;
    - 28.755 atendimentos de urgência e emergência.

  • Neste ano, último da gestão FFM, o HESAP trabalhou com média de 190 leitos operacionais para atendimento das mesmas especialidades já existentes em 2007.

    O hospital contava com 929 colaboradores, que produziram, no ano:
    - 11.270 saídas;
    - 16.562 atendimentos ambulatoriais;
    - 23.798 exames de imagem;
    - 2.658 partos, sendo 1.160 em primíparas;
    - 4.949 cirurgias;
    - 33.484 atendimentos de urgência e emergência.

  • O ano de 2009 foi o primeiro da gestão SECONCI, com 203 leitos operacionais e 1.157 colaboradores.

    Neste período o HESAP produziu:
    - 12.670 saídas;
    - 37.192 atendimentos de urgência e emergência;
    - 5.600 cirurgias;
    - 2.996 partos, sendo 1.317 em primíparas;
    - 26.439 exames de imagem;
    - 26.287 atendimentos ambulatoriais.

  • O ano de 2010 foi o de maior produção e melhores indicadores de produção da história do HESAP, com 221 leitos operacionais e 1.475 colaboradores.

    Neste período o HESAP produziu:
    - 13.452 saídas;
    - 47.480 atendimentos de urgência e emergência;
    - 5.335 cirurgias;
    - 3.452 partos, sendo 1.598 em primíparas;
    - 26.747 exames de imagem (exames próprios e SEDI II);
    - 27.780 atendimentos ambulatoriais.

    Neste ano ainda, duas inovações instituídas pelo Governo do Estado foram incorporadas ao trabalho do HESAP, trazendo excelentes resultados:
    => SEDI II – Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem, o qual, alocado no hospital realiza os exames de Ultrassonografia, Radiologia simples e contrastada e Tomografia Computadorizada.
    => CEADIS – Centro de Armazenamento e Distribuição de Insumos do Estado de São Paulo, onde ficam armazenados e de onde são distribuídos os insumos hospitalares consumidos no hospital.

  • O ano de 2011 foi um ano de mudanças no HESAP, com 203 leitos operacionais e 1.448 colaboradores.

    Neste período foram produzidos:
    - 13.492 saídas;
    - 45.152 atendimentos de urgência e emergência;
    - 4.916 cirurgias;
    - 3.165 partos, sendo 1.388 em primíparas;
    - 26.178 exames de imagem (exames próprios e SEDI II);
    - 25.651 atendimentos ambulatoriais no Hospital HESAP.